29.5.09

BIKE ROCK BLOG


Ontem depois de um rolezinho com minha magricela, cheguei em casa, tomei um banho, e coloquei pra tocar um cd antigo dos Titãs. É uma coletânea de músicas de 1984 a 1994. Em “Homem primata” comecei a pensar sobre o resultado do chamado capitalismo selvagem: desmatamento, consumo desenfreado, poluição do ar e da água, tráfico de animais, achei bacana, pois há vinte e tantos anos atrás os rockeiros já falavam em meio ambiente e responsabilidade social. Legal isso ...
Depois de duas músicas, começou a faixa “Comida”... E achei interessante como se cantava “a gente não quer só comida... a gente quer a vida como a vida quer”. Essa frase mostra entre outras coisas, o desejo de consumo concorda? Daí a imagem “pura” que havia construído foi à terra. Quer saber se fiquei triste? Que nada! Fiquei feliz. Pensei no seguinte: Capitalismo é totalmente o oposto de sustentabilidade certo? Mas talvez, entre um extremo e outro, haja espaço aí para um novo modelo de economia, uma economia sustentável, onde todos consumam mais conscientes, sabendo que o ser humano não precisa de tanta futilidade para sobreviver e ser feliz. E quem sabe um dia cheguemos a um mundo ideal, com meio ambiente, economia e sociedade interagindo em um ciclo mais harmonioso.

O que você acha disso? As pessoas estão mais conscientes em relação à preservação do planeta? Comente e responda a nova enquete do Conceito Ecológico!
...

3 comentários:

Daniela Lima disse...

quando vi a imagem do seu blog na minha page, sabia que vc falaria de homem primata, mas não lembrei de ...comida para quem precisa... q podemos ter um meio termo é possível, mas vejo tb que todos os dias surgem novos produtos, tecnologias e acabamos jogando tudo q temos fora para adquirir mais e mais, já decidi, este ano não troco de celular, só torcarei quando ele não funcionar mais...todos esses produtos geram novos empregos, governos querem empresas instaladas para terem receita, o governo de SC quer mudar o código ambiental dizendo que é para ajudar pequenos produtores, mas cá pra nós?? é necessário reduzir de 30m p 5m, faixa de mata ciliar para ajudá-los...políticas sujas, não colaboram com o desenvolvimento sustentável!!!

Raoní Santos disse...

podia fechar dizendo

" a gente quer inteiro e nao pela metade" e se a gente continuar nessa gana, maldita gana, consumista... nem a metade teremos daqui a pouco certo?

Sustentabilidade é a palavra-chave, tão chave que já se tornou um lugar comum, para pseudo-ativistas. Temos, principalmente nós, que saber separa o joio do trigo, Não nos amarraremos em árvores, mas tampouco permitiremos o avanço selvagem nas nossas fontes de recursos naturais renovaves e não-renovaveis.

Mto bom meu amigon.
Abrass.

Dany Beckmann disse...

Infelizmente não vejo as pessoas mais conscientes. Vejo que muitas pessoas se utilizam desse apelo, mas apenas para ganhar mais dinheiro. Um dia a situação se tornará tão insustentável que será obrigação dar um jeito no que já foi destruído. Pois é, capitalismo selvagem!

Related Posts with Thumbnails